Aciclovir: tudo o que você precisa saber

Maite Córdova Vena · 11 junho, 2021
O aciclovir é um medicamento usado contra o vírus herpes simplex e o vírus varicela-zóster. É útil para combater infecções primárias e recaídas.

O aciclovir é um análogo de nucleosídeo sintético usado contra o vírus herpes simplex e o vírus varicela-zóster. É um derivado da guanosina, útil tanto para combater infecções primárias quanto para reincidências.

Este medicamento – também conhecido como “Aciloguanosina” – é indicado para o tratamento de infecções como herpes zóster, estomatite herpética, herpes genital, herpes labial, ceratite, herpes simplex tipos 1 e 2 e encefalopatia hepática.

Ele é utilizado como tratamento antiviral. Principalmente porque atua de forma altamente seletiva (ou seja, ataca apenas os vírus mencionados) e tem um baixo nível de citotoxicidade (afeta apenas um pouco as células não infectadas).

A ação da droga é inibir a replicação do DNA viral; portanto, evita sua propagação no corpo, alivia a dor, promove a cura de bolhas e encurta o tempo da doença.

Quando é usado?

O aciclovir é um tratamento eficaz contra as lesões do vírus da herpes.
As infecções por herpes simplex são sensíveis à ação do aciclovir.

O aciclovir é um medicamento usado para combater infecções por herpes e varicela-zóster. Ele impede a replicação do vírus e facilita o processo de cicatrização.

O aciclovir é usado para reduzir a dor e acelerar a cicatrização de lesões ou bolhas causadas por varicela ou herpes zoster. Também é útil para prevenir a recorrência em caso de herpes genital.

Embora este medicamento seja muito útil no tratamento de infecções causadas pelos vírus mencionados acima, e na prevenção da recorrência do herpes genital (em pessoas já infectadas), ele não pode curar o herpes genital ou prevenir sua transmissão a outras pessoas. Portanto, não pode ser usado como medicamento preventivo em pessoas saudáveis.

Em caso de infecção, além de seguir as orientações do médico, será imprescindível seguir as demais indicações relacionadas aos cuidados com o corpo, prevenção e demais medidas.

Como o aciclovir é administrado?

É necessário tomar o remédio conforme indicado pelo médico, no mesmo horário e com bastante líquido. Em caso de dúvida, consulte o seu médico ou farmacêutico. Não se deve alterar os horários ou as doses sem orientação médica, pois há risco de piorar o quadro e prolongar o tratamento.

Nos casos de infecção com sintomas já iniciados, o aciclovir deve ser tomado 2 a 5 vezes ao dia, por um período que pode variar de 5 a 10 dias, dependendo do caso.

Caso seja indicado para prevenir a recorrência do herpes genital, deve ser tomado 2 a 5 vezes ao dia por longos períodos de tempo que podem ser de até 1 ano.

Forma farmaceutica

O aciclovir tem várias apresentações comerciais.
O aciclovir pode ser adquirido em comprimidos, suspensão, creme e pó para soluções intravenosas.
  • O aciclovir pode ser encontrado sob o nome comercial de Zovirax® em comprimidos, cápsulas e líquido(suspensão). Também podem ser encontradas formulações em creme ou em pó para solução e administração intravenosa.

Dosagem

De acordo com a bula, a dose é indicada (e ajustada) de acordo com o grau de infecção, a idade do paciente e outros fatores. Assim, por exemplo, para tratar infecções por varicela-zóster: um comprimido de 200 mg em intervalos de 4 horas (omitindo a dose noturna), durante 5 dias.

Para prevenir a infecção recorrente por varicela-zóster em pacientes imunocompetentes: 200 mg/6 h ou 400 mg/12 h, interrompendo em intervalos de 6 a 12 meses.

Contra-indicações

Em geral, não se deve tomar aciclovir sem primeiro verificar com o seu médico, principalmente quando:

  • Pessoas alérgicas ou com hipersensibilidade conhecida ao aciclovir, valaciclovir ou ganciclovir.
  • Pacientes desidratados.
  • Mulheres grávidas ou amamentando.
  • Pessoas que são intolerantes às proteínas do leite.
  • Pacientes com alterações neurológicas na presença de um agente citotóxico.

Para evitar interações, será essencial informar ao seu médico sobre qualquer medicamento que você esteja tomando, bem como suplementos dietéticos, preparações à base de ervas, medicamentos vendidos sem receita e semelhantes.

Quais são os possíveis efeitos colaterais?

O aciclovir é geralmente um medicamento seguro. No entanto, em alguns casos, pode causar efeitos colaterais leves e temporários. São os mais comuns:

  • (Quando tomado por via oral)
    • Náusea.
    • Tontura.
    • Vômitos.
    • Diarréia.
    • Agitação.
    • Fadiga.
    • Queda de cabelo.
    • Distúrbios visuais.
    • Dor de estômago (dor abdominal).
    • Dores nas articulações.
  • (Quando administrado por via intravenosa)
    • Náusea.
    • Hipotensão.
    • Hematúria.
    • Flebite.

Em casos mais raros, o aciclovir pode causar efeitos colaterais graves (dificuldade em respirar, inchaço da face e de outras partes do corpo, confusão, dificuldade de falar, taquicardia, etc.). Se você tiver esses sintomas, é essencial consultar seu médico imediatamente.

O que acontece se eu esquecer uma dose?

Recomenda-se tomar a dose esquecida assim que se lembrar e as doses restantes desse dia em intervalos iguais. No entanto, se estiver quase na hora da próxima dose, a dose esquecida deve ser pulada. Não tome uma dose dupla para compensar a esquecida.

Em caso de dúvida, pergunte ao seu médico ou farmacêutico o que fazer. Evite tomar decisões sem orientação médica, pois podem ser contraproducentes.

O que fazer em caso de overdose?

Como em outros casos de intoxicação, em caso de overdose deve-se buscar ajuda imediatamente, ligando para o pronto-socorro.

Caso a pessoa perca a consciência, tenha convulsões ou dificuldades respiratórias, entre em contato com o pronto-socorro imediatamente e siga as instruções recebidas pelo telefone até a chegada dos paramédicos.

Como armazenar e descartar o aciclovir?

Como outros medicamentos, o aciclovir deve ser armazenado em local seco, à temperatura ambiente, fora do alcance de crianças e animais de estimação. De preferência, na embalagem original para maior segurança.

Não deve ser armazenado no banheiro, pois é um ambiente que pode conter umidade exessiva. O correto armazenamento do medicamento é feito em locais secos

Nem o aciclovir nem outros medicamentos devem ser jogados no vaso sanitário. Leve-os a um ponto de coleta (farmácia ou outro centro de reciclagem).

Aciclovir: dicas finais

O medicamento deve ser tomado inteiro e com bastante líquido (especialmente se você estiver com a boca seca). Não deve ser triturado ou mastigado.

Sob nenhuma circunstância o aciclovir deve ser administrado ao seu parceiro ou outra pessoa infectada com o vírus da herpes ou da varicela sem receita médica, pois pode ser perigoso. Também não deve ser administrado como medida preventiva em pessoas saudáveis.

O uso do aciclovir não diminui a importância de manter as medidas de precaução e higiene necessárias ao ter relações sexuais. Mantenha sempre esses hábitos e consulte um médico para responder a qualquer dúvida que possa surgir.

Se, por outro lado, for ao pronto-socorro ou ao médico por outros motivos, indique sempre se está tomando (ou já tomou) aciclovir.

  • “Aciclovir.” n.d. Vademecum. https://www.vademecum.es/principios-activos-aciclovir-j05ab01.
  • “Aciclovir.” n.d. Biblioteca Nacional de Medicina de los EE. UU., Medline Plus. https://medlineplus.gov/spanish/druginfo/meds/a681045-es.html.
  • Calderón-Jaimes, E. 1999. “Tratamiento y Prevención de Las Enfermedades de Transmisión Sexual.” Salud Pública de México 41 (4): 334–43. https://www.scielosp.org/pdf/spm/1999.v41n4/334-343.
  • Cubero Santos, A; García Suárez, A. 2018. “No Title.” AePap. https://www.aepap.org/sites/default/files/documento/archivos-adjuntos/tratamiento_con_aciclovir_en_varicela_y_herpes_zoster.pdf.
  • Principal, P. and Medicinas, h., 2021. Aciclovir: MedlinePlus medicinas. [online] Medlineplus.gov. Available at: [Accessed 25 May 2021].