Testes de gravidez: tipos e recomendações

Todos os testes de gravidez disponíveis hoje são de grande precisão, por isso é impossível dizer que um seja melhor do que o outro. Cada teste deve ser feito após um período específico para que os resultados sejam confiáveis.

A gravidez é um período em que as mulheres vivem muitas mudanças, o que as torna suscetíveis a doenças. Nesse sentido, é de vital importância a realização de um teste de gravidez quando houver suspeita, só assim será possível obter atendimento médico especializado desde o início.

Por milhares de anos, o homem tentou determinar quando uma mulher está grávida. Na verdade, existem registros que datam de 1350 AC. Os testes de gravidez evoluíram ao longo dos anos, passando de métodos inespecíficos a estudos com 99% de acerto.

A primeira coisa que muitas mulheres se perguntam quando há um atraso na menstruação é: será que estou grávida? A única maneira de resolver essa dúvida é fazer um teste de gravidez. Felizmente, existem vários testes que podem fornecer um diagnóstico preciso e confiável. Falaremos um pouco sobre eles a seguir.

Tipos de teste de gravidez

Eficácia do teste de gravidez.
Esses testes podem detectar a gravidez em um grande número de casos.

O teste de gravidez é um teste específico que determina os níveis do hormônio gonadotrofina coriônica humana (HCG) no corpo. O HCG aumenta apenas durante a gravidez ou na presença de certos tumores raros, e está presente na urina e no sangue.

Os diferentes testes de gravidez existentes atualmente são divididos em função do fluido estudado, podendo ser exames de urina ou de sangue. Os testes de urina também são conhecidos como exames caseiros, enquanto os exames de sangue devem ser realizados por uma equipe médica treinada.

Testes de urina ou exames caseiros

Em muitos casos, a melhor época para realizar um teste de gravidez caseiro é uma semana após o atraso menstrual.

Durante este período, os níveis de HCG no corpo serão tão altos que podem ser detectados na urina e o resultado será mais confiável. Os testes de urina feitos antes desse período podem dar falsos negativos.

O teste de urina é um dos métodos mais usados para diagnosticar a gravidez em todo o mundo de acordo com vários estudos. Ele permite que o diagnóstico seja feito durante as primeiras semanas e oferece resultados muito confiáveis quando usado corretamente.

Uma das poucas desvantagens dos testes caseiros é a falta de padronização nos resultados, o que pode levar a uma interpretação errada. Felizmente, os vários testes que existem incluem instruções muito precisas para minimizar a possibilidade de erros na interpretação.

Tipos de testes de urina

Hoje existe um grande número de diferentes testes de gravidez que medem a presença do HCG na urina, todos eles oferecem resultados rápidos e precisos. Os tipos mais populares de testes domésticos incluem os seguintes:

  • Tiras reativas de urina : Este é um dos métodos mais fáceis de usar e envolve a inserção de uma tira em um recipiente com urina. A tira reagirá à presença de HCG após alguns minutos, com 2 linhas de uma cor diferente aparecendo se o resultado for positivo.
  • Gotejamento de urina : consiste na utilização de um dispositivo semelhante a uma vídeo cassete antigo, que possui uma abertura para colocar uma gota de urina com um conta-gotas. É importante urinar em um recipiente, retirar a amostra e aguardar alguns minutos para que faça a detecção. Um resultado positivo é indicado por 2 linhas.
  • Teste de fluxo de urina : é um cartucho alongado com uma extremidade especial na qual você deve urinar. Os resultados podem ser exibidos de 2 maneiras, o teste de gravidez tradicional mostrará apenas 2 linhas e alguns fornecem um resultado antecipado. Existe também o teste digital que mostra a idade gestacional após alguns minutos.

Exame de sangue

Os níveis de gonadotrofina coriônica humana podem aumentar no sangue a partir do 10º dia após a concepção, ou seja, alguns dias após o sangramento da implantação. Este teste de gravidez pode parecer mais confiável para algumas pacientes e permite um diagnóstico mais precoce do que os testes de urina.

Este teste deve ser realizado apenas em um laboratório médico especializado, onde a equipe de saúde procederá com a coleta de sangue venoso. Este teste apresenta poucos riscos e o desconforto que pode surgir no local da retirada do sangue geralmente não dura mais do que alguns minutos.

A principal desvantagem desse teste em relação aos testes de urina é a demora na obtenção dos resultados. Os pacientes devem esperar algumas horas ou até um dia para obter um diagnóstico confiável.

Tipos de exames de sangue

Testes de gravidez de sangue.
Felizmente, esses testes são rápidos e de fácil acesso.

O hormônio pode ser medido de duas maneiras diferentes no sangue, tanto qualitativa quanto quantitativamente. Ambos os testes determinarão se a paciente está grávida, embora o formulário quantitativo ofereça dados adicionais que podem ajudar o médico a determinar certas variáveis.

  • Análise qualitativa do sangue : permite apenas determinar a presença ou não do hormônio da gravidez no sangue. É tão preciso quanto um teste de urina e pode ser usado a partir do 10º dia de gravidez. Este teste indicará apenas se você está grávida ou não.
  • Teste de sangue quantitativo : também conhecido como beta HCG, é responsável por medir a quantidade precisa do hormônio no sangue. Este teste permite determinar a idade gestacional, ou seja, informa em quantas semanas está a gravidez, podendo detectar até quantidades mínimas do hormônio.

Recomendações sobre os testes de gravidez

Esses tipos de testes devem ser realizados sob a menor suspeita de gravidez. As gestantes costumam apresentar necessidades nutricionais especiais, portanto, o controle médico e uma dieta adequada são essenciais. Nesse sentido, é importante ir a uma consulta ginecológica o mais rápido possível quando o resultado do teste seja positivo.

Felizmente, fazer um teste de gravidez não requer nenhum preparo prévio e pode ser feito a qualquer hora do dia. Para obter resultados confiáveis, é importante respeitar os períodos mencionados acima: 10 dias para o exame de sangue e pelo menos 14 dias para o exame de urina.

Um teste de gravidez negativo não minimiza a possibilidade de engravidar no futuro, portanto, deve-se usar contracepção para evitar uma gravidez indesejada. A possibilidade de falsos positivos ou falsos negativos é baixa, porém, recomenda-se a realização de um exame complementar em caso de dúvidas, além de uma consulta com um especialista.

Um teste rápido e confiável

Os diferentes testes de gravidez disponíveis hoje melhoraram sua precisão ao longo dos anos, portanto, têm uma margem mínima de erro. Eles fornecem resultados em pouco tempo, embora os exames de sangue possam demorar um pouco mais.

O mais importante quando se tem um teste de gravidez positivo é ir ao médico para fazer um controle adequado. As gestações sem nenhum tipo de controle médico estão mais sujeitas a complicações que afetam a saúde materna e fetal, podendo até ter consequências fatais.

  • Velásquez N. Pruebas para diagnóstico de embarazo. Rev Obstet Ginecol Venez. 2009; 69( 3 ): 186-192.
  • Gnoth C, Johnson S. Strips of Hope: Accuracy of Home Pregnancy Tests and New Developments. Geburtshilfe Frauenheilkd. 2014;74(7):661-669.
  • Robinson JH. What the pregnancy test is testing. Br J Sociol. 2020;71(3):460-473.
  • Wise LA, Wang TR, Willis SK, Wesselink AK, Rothman KJ, Hatch EE. Effect of a Home Pregnancy Test Intervention on Cohort Retention and Pregnancy Detection: A Randomized Trial. Am J Epidemiol. 2020; 189(8):773-778.
  • Rottenstreich M, Grisaru-Granovsky S, Rottenstreich A. The value of a registry negative urine pregnancy test for the prediction of a future unintended pregnancy among young women. Eur J Contracept Reprod Health Care. 2018;23(3):179-182.
  • Montagnana M, Trenti T, Aloe R, Cervellin G, Lippi G. Human chorionic gonadotropin in pregnancy diagnostics. Clin Chim Acta. 2011;412(17-18):1515-20.