Remédios caseiros para aliviar o eczema

A aveia é um dos remédios mais usados para aliviar o eczema. Ela tem demonstrado apresentar várias propriedades benéficas para a pele.
Remédios caseiros para aliviar o eczema

Escrito por Maite Córdova Vena, 29 Agosto, 2021

Última atualização: 30 Agosto, 2021

O autocuidado e os remédios caseiros para aliviar o eczema podem ser muito úteis como tratamento adjuvante. Eles podem ser facilmente integrados à rotina, e geralmente não representam um incômodo para o paciente. Mas quais são esses remédios e autocuidados? Mostraremos cada um a seguir.

Banhos para aliviar o eczema

Depois de um longo dia, um banho relaxante é uma grande fonte de alívio, que também convida ao descanso. No caso do eczema, esta mesma medida pode ser útil graças a alguns aditivos, como alvejantes ou farinha de aveia.

Aveia

Entre os remédios caseiros usados para aliviar o eczema estão os banhos de aveia.
Embora não se trate de uma cura, utilizar diferentes preparações com farinha de aveia pode trazer benefícios para problemas de pele como o eczema.

Conforme confirmado por várias fontes, a aveia coloidal (Avena sativa) tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que ajudam a proteger, acalmar e curar a pele. Por esse motivo, ela tem sido utilizada no alívio de diversos problemas de pele, tais como: erupções cutâneas, eritema, queimaduras, coceira e eczema.

Atualmente é possível encontrar diversos produtos para cuidar da pele que são feitos com aveia. No entanto, um dos remédios caseiros mais usados para aliviar o eczema ainda é o banho de aveia coloidal (disponível em lojas de produtos naturais).

Basta adicionar um pouco de aveia coloidal em pó (dentro de um saco de organza, por exemplo) na banheira (de preferência cheia de água morna) e manter o corpo submerso por cerca de 15 minutos. Isso contribui para o alívio.

  • É importante ter em mente que quando a pele apresenta eczema ou outros problemas, é necessário evitar temperaturas extremas ao tomar banho ou ducha, bem como tomar banho em excesso (mais de 2-3 vezes ao dia), pois isso pode ser contraproducente.
  • Os banhos de aveia proporcionam alívio, mas devem sempre ser combinados com outras práticas saudáveis para que a pele possa se curar.
  • Após o banho, é recomendável secar o corpo com suavidade e delicadeza.

Alvejante

De acordo com a National Eczema Association, banhos de alvejante também contribuem para o alívio do eczema. Mas, para aproveitá-los, é necessário seguir as seguintes instruções:

  • Dilua meia xícara de alvejante comum ou “não concentrado” (hipoclorito de sódio 5,25%) em uma banheira com água morna.
  • Mergulhe a área afetada por cerca de 10 minutos e depois enxágue com água morna.
  • Não mergulhe o rosto ou a cabeça no banho de alvejante.
  • Seque o corpo com suavidade.

Antes de usar qualquer um desses remédios caseiros para aliviar o eczema, é aconselhável consultar um dermatologista para ter certeza de que essas são as opções mais adequadas, bem como para receber as recomendações pertinentes.

Por outro lado, evite adicionar outros ingredientes ao banho (como sabonetes ou produtos perfumados), bem como fazer combinações não autorizadas pelo dermatologista.

Remédios tópicos

Como ressaltam os especialistas da Mayo Clinic, para o caso do eczema é necessário hidratar a pele pelo menos algumas vezes ao dia. Para isso, podem ser usados diversos produtos como óleos corporais, pomadas ou sprays.

Os remédios tópicos têm com objetivo ajudar a aliviar o ressecamento, proteger a pele e promover a cura. Algumas opções são as seguintes:

Óleo de coco virgem

O óleo de coco virgem é considerado um bom remédio tópico porque costuma ser bem tolerado, além de ajudar a hidratar e restaurar a pele. Além disso, ele apresenta propriedades antibacterianas que ajudam a prevenir infecções.

No entanto, é importante considerar que a maioria das evidências científicas sobre a eficácia desse óleo são provenientes de estudos em animais. Por esse motivo, os especialistas do Medline Plus o classificam como “possivelmente eficaz”.

Camomila

Embora a camomila seja um dos remédios naturais mais usados aliviar uma ampla variedade de problemas de saúde (como a conjuntivite), no caso da dermatite ou outras reações cutâneas, é importante usá-la com cautela. Isso porque em algumas pessoas, em vez de contribuir para o alívio, ela pode causar dermatite alérgica de contato.

  • Em um estudo realizado em roedores observou-se que o óleo de camomila auxilia na cura das lesões. No entanto, os especialistas indicam que mais pesquisas são necessárias a esse respeito.

Alcaçuz

O alcaçuz é outra opção de remédio caseiro para aliviar o eczema e outros tipos de erupções cutâneas. Por esse motivo ele foi proposto como adjuvante. No entanto, os especialistas consideram que é necessário investigar mais a fundo as propriedades desta planta para determinar sua eficácia.

  • Em um estudo realizado com uma amostra de pessoas com dermatite atópica, observou-se que o extrato em gel de alcaçuz pode ser útil para tratar a doença.

Remédios orais

Entre os remédios caseiros usados para o alívio do eczema estão as mudanças na dieta..
Manter uma dieta saudável e consumir alimentos com probióticos pode ser positivo no controle dos sintomas da doença.

Existem alguns remédios caseiros para aliviar o eczema por via oral que, embora não possuam um respaldo sólido até o momento, podem ser experimentados caso o médico autorize. Eles são os seguintes:

  • Alimentos probióticos: acredita-se que a integração regular de alimentos como iogurte, kefir, chucrute e kimchi na dieta pode promover a saúde da pele. No entanto, ainda não foi possível verificar se eles são realmente eficazes para os casos de eczema.
  • Suplementos vitamínicos: considera-se que a combinação de uma alimentação equilibrada com o consumo de alguns suplementos (como óleo de peixe, zinco, selênio, vitamina D, E e outras) pode promover a saúde da pele e prevenir o eczema, ou atenuar o seu impacto. No entanto, ainda não existem evidências para confirmar isso.

Os óleos de prímula ou borragem também têm sido recomendados como remédios caseiros para o alívio do eczema, mas os especialistas consideram que eles representam mais riscos do que benefícios. Por esse motivo, eles não recomendam usá-los.

Terapias corpo e mente

O estresse emocional pode influenciar tanto no aparecimento quanto no agravamento das crises de eczema. Portanto, além de seguir o autocuidado prescrito pelo médico e as demais medidas terapêuticas, é aconselhável cuidar da saúde emocional.

Práticas como yoga, atenção plena, tai chi, exercícios de respiração profunda e outras atividades que ajudem a liberar a tensão (física e emocional), esvaziar a mente e se distrair são benéficas.

A combinação de hábitos de vida saudáveis às práticas citadas acima torna possível controlar e aliviar o eczema, mas deve-se ter em mente que as recomendações do especialista nunca devem ser negligenciadas.

Pode interessar a você...
Como posso saber se meu filho tem alergia?
Muy SaludLeia em Muy Salud
Como posso saber se meu filho tem alergia?

Existem vários padrões que permitem determinar se o seu filho apresenta crises alérgicas. Hoje mostraremos os tipos e sintomas mais comuns.



  • Gonzalez ME. Dermatitis de contacto – Trastornos dermatológicos [Internet]. Manual MSD versión para profesionales. 2019 [cited 2021 Jul 6]. Available from: https://www.msdmanuals.com/es/professional/trastornos-dermatológicos/dermatitis/dermatitis-de-contacto
  • Karagounis TK, Gittler JK, Rotemberg V, Morel KD. Use of “natural” oils for moisturization: Review of olive, coconut, and sunflower seed oil. Pediatr Dermatol. 2019;36:9–15
  • Lee SH, Heo Y, Kim YC.   Effect of German chamomile oil application on alleviating atopic dermatitis-like immune alterations in mice.   J Vet Sci. 2010 Mar;11(1):35-41.   https://doi.org/10.4142/jvs.2010.11.1.35
  • M Saeedi, K Morteza‐Semnani & M‐R Ghoreishi (2003) The treatment of atopic dermatitis with licorice gel, Journal of Dermatological Treatment, 14:3, 153-157, DOI: 10.1080/09546630310014369
  • Méndez-Cabeza Velazquez J, Alache Zúñiga H. Manejo de la dermatitis en atención primaria. MEDIFAM [Internet]. 2003 Feb [cited 2021 Jul 6];13(2):75–84. Available from: https://scielo.isciii.es/pdf/medif/v13n2/colabora2.pdf