Como o ciclo menstrual afeta a acne

Há mulheres que têm pele saudável e, de repente, alguns dias antes da menstruação, aparecem espinhas enormes no rosto delas. Isso pode ser devido à acne pré-menstrual.
Como o ciclo menstrual afeta a acne

Escrito por Maite Córdova Vena, 05 Junho, 2021

Última atualização: 07 Junho, 2021

A acne pré-menstrual é um desconforto comum entre as mulheres, mesmo depois dos 25 ou 30 anos. Ela costuma aparecer alguns dias antes da menstruação, e não apenas na pele oleosa ou com tendência a acne, mas em todos os tipos de pele.

De acordo com estudos recentes, a acne pré-menstrual afeta um número significativo de mulheres menstruadas. A maioria (mais de 50%) declara que os sintomas pioram na semana que antecede a menstruação.

Em uma investigação publicada no Journal of the American Academy of Dermatology, observou-se que em uma amostra de 400 mulheres com idade entre 12 e 52 anos, as mulheres com mais de 33 anos apresentaram maior índice de surtos pré-menstruais em relação às mulheres com idades entre 20 e 33.

Pelos dados obtidos em estudos como o que já foi citado, há pesquisadores que estimam que a incidência de acne pré-menstrual está entre 50 e 80%. Vamos ver mais sobre isso a seguir:

Sintomas de acne pré-menstrual

A acne pré-menstrual é muito comum.
Este problema de saúde é vivido por uma proporção significativa de mulheres em idade fértil.

Os sintomas da acne pré-menstrual são geralmente bastante específicos:

  • Poros inchados.
  • Aumento da produção de óleo / gordura na pele.
  • Surgimento de cravos e espinhas (na área das bochechas, queixo e pescoço, embora também possa afetar a testa).

Dependendo do tipo de pele e se a mulher tem (ou não) acne desde a adolescência, as erupções podem ser mais ou menos perceptíveis e incômodas.

Causas da acne pré-menstrual

Mesmo após a adolescência, para muitas mulheres é uma realidade que poucos dias antes da menstruação a pele tende a ficar mais oleosa e com tendência a erupções de espinhas. Não faz diferença se elas têm acne persistente desde o início da adolescência ou apenas em episódios esparsos.

Graças à literatura científica, ficou claro que a acne é uma condição multifatorial. Nem as farras de chocolate nem os picos de estresse são capazes – por si próprios – de desencadear acne, embora possam agravá-la.

A acne pré-menstrual ocorre como consequência da interação de vários fatores, entre os quais a atividade hormonal parece predominar. Principalmente, a atividade da progesterona.

A liberação de um óvulo do ovário a cada mês (ovulação) parece desencadear os sintomas. Após a ovulação, o hormônio progesterona passa para a corrente sanguínea dos ovários e as mulheres com TPM são consideradas mais sensíveis aos níveis normais de progesterona”, afirma o folheto informativo elaborado pelos especialistas da Women’s Health Concern.

Tratamento

Acne pré-menstrual pode ser tratada com cremes.
O dermatologista é o profissional indicado para prescrever o tratamento mais adequado.

É altamente recomendável que você vá ao dermatologista tanto para fazer um check-up quanto para tirar todas as dúvidas sobre a rotina de cuidados que deve ter com a pele, formas de prevenir e tratar as espinhas que surgem com produtos de venda livre, etc. Isso permitirá que você lide com a TPM da maneira mais adequada e possa minimizar o risco de agravamento das erupções.

Algumas recomendações que é importante ter em mente são as seguintes:

  • Limpe sua pele com os produtos certos. Não aplique o mesmo sabonete que usa no resto do corpo.
  • Mantenha a pele hidratada aplicando diariamente uma loção ou creme não comedogênico.
  • Proteja-se do sol com um filtro solar não comedogênico.
  • Se você usar maquiagem, ela deve ser não comedogênica e sem óleo. E você deve sempre retirá-la com um removedor adequado antes de dormir.
  • Evite tocar no seu rosto e apertar cravos e espinhas. É preferível que você sigas as indicações feitas pelo seu dermatologista para realizar uma boa limpeza.
  • Consulte seu dermatologista sobre qual deve ser a frequência mais adequada para a realização de esfoliações. Lembre-se que se você esfoliar a pele diariamente poderá maltratá-la excessivamente e torná-la mais propensa a outros problemas além da acne.

Dependendo do que o especialista observar no exame, ele pode prescrever um medicamento tópico ou te encaminhar ao médico ou ao ginecologista para avaliar o uso de anticoncepcionais no tratamento da acne.

Lembre-se de que nem todas as mulheres respondem bem a pílulas anticoncepcionais, retinóides ou outros tratamentos. Por esse motivo, é importante que haja uma avaliação de um especialista antes de qualquer ação.

Lembre-se que embora seja importante seguir as recomendações do especialista, você não deve deixar de lado a prática de hábitos saudáveis.

Comer de maneira equilibrada, beber bastante água diariamente, praticar exercícios regularmente e descansar bastante também são medidas que contribuem muito para a saúde da pele e para manter a acne pré-menstrual sob controle.

Pode interessar a você...
Mascne: o que é e como tratar?
Muy Salud
Leia em Muy Salud
Mascne: o que é e como tratar?

Mascne é o termo usado para descrever as erupções cutâneas causados pelo uso da máscara. Vamos mostrar detalhadamente o que causa esse problema



  • Geller L, Rosen J, Frankel A, Goldenberg G. Perimenstrual flare of adult acne. J Clin Aesthet Dermatol. 2014 Aug;7(8):30-4. PMID: 25161758; PMCID: PMC4142818.
  • Itsekson A, Lazarov A, Cordoba M, Zeitune M, Abraham D, Seidman DS. Premenstrual syndrome and associated skin diseases related to hypersensitivity to female sex hormones. J Reprod Med. 2004 Mar;49(3):195-9. PMID: 15098889.
  • Rivera, R., and A. Guerra. 2009. “Manejo Del Acné En Mujeres Mayores de 25 Años.” Actas Dermo-Sifiliográficas 100 (1): 33–37. https://doi.org/10.1016/s0001-7310(09)70054-7.

  • Torras Enríquez, Helena. 2006. “Acne in the Adult Woman.” Piel 21 (7): 343–48. https://doi.org/10.1016/S0213-9251(06)72505-9.

  • Varios. 2019. “Tratamiento Del Acné.” Boletín Terapéutico Andaluz 34 (4): 38–48.