Causas da anemia

A deficiência de ferro é uma das causas mais comuns da anemia. No entanto, não é a única. Vários distúrbios podem causar este problema.
Causas da anemia

Escrito por Maite Córdova Vena, 29 Maio, 2021

Última atualização: 02 Junho, 2021

Além da deficiência de ferro, existem outras causas para a anemia.Os sintomas e tratamento podem variar dependendo do tipo diagnosticado. Isso significa que uma pessoa com anemia ferropriva não precisa de um tratamento com as mesmas especificações de uma pessoa com anemia por doenças crônicas, por exemplo.

É preciso lembrar que o termo anemia é utilizado para incluir vários transtornos.

Embora todos compartilhem uma característica comum (baixa contagem de hemoglobina e eritrócitos), o fator que causa essa contagem baixa pode variar consideravelmente, podendo ser não apenas a manifestação de uma doença hematológica, como também de muitas outras condições de saúde.

Causas comuns

As causas da anemia incluem deficiências alimentares
Algumas causas da anemia têm muito a ver com fatores nutricionais.

De acordo com os especialistas da Clínica da Universidade de Navarra, existem 3 razões principais para a diminuição dos glóbulos vermelhos:

  • Produção em quantidade insuficiente.
    • Falta de ferro.
    • Aplasias medulares.
    • Doenças crônicas (como doenças reumáticas e doenças associadas à insuficiência renal crônica).
    • Infiltração da medula óssea por tumores.
  • A maturação dos glóbulos vermelhos não ocorre de forma eficiente na medula óssea.
    • Deficiência de folato.
    • Deficiência de vitamina B12.
  • Destruição ou perda em alta velocidade.
    • Hemorragias.
    • Transtonos hereditários (anomalias na membrana dos glóbulos vermelhos ou hemoglobina, como a anemia falciforme).
    • Hemólise ou ruptura intravascular dos glóbulos vermelhos por causas mecânicas ou autoimunes.

A seguir explicaremos alguns dos mais comuns: deficiência de ferro e anemia megaloblástica.

Anemia ferropriva

A deficiência de ferro é uma das causas mais comuns da anemia. Por sua vez, essa doença costuma ocorrer como consequência de sangramentos (menstruação, hemorragias no trato digestivo, etc.). É caracterizada por produzir principalmente, cansaço, palidez e fraqueza nas pessoas.

Conforme afirmado no Manual do MSD: essa doença “em geral se desenvolve lentamente porque pode levar diversos meses até as reservas de ferro do corpo serem esgotadas.”

Anemia megaloblástica ou anemia por deficiência de folato

Outra causa da anemia é a deficiência de ácido fólico ou folato. Este tipo de anemia também é conhecido como anemia megaloblástica. Esta, por sua vez, pode ser causada por má alimentação, alcoolismo prolongado ou pelo consumo de certos medicamentos (como barbitúricos, por exemplo).

Fatores de risco

Existem vários fatores de risco que podem levar à anemia. Alguns dos mais comuns são os seguintes:

Má alimentação

Quando você não mantém uma dieta adequada, a probabilidade de desenvolver anemia e outros problemas de saúde é maior. Principalmente quando a ingestão de fontes de ferro, folatos e vitaminas é baixa.

Doenças crônicas

Ter diabetes é uma das causas da anemia
Muitas comorbidades – como diabetes – aumentam o risco desenvolver certos tipos de anemia.

Diabetes, doenças renais crônicas, colite ulcerosa e artrite reumatóide são algumas das condições crônicas que podem levar ao desenvolvimento da anemia.

Distúrbios intestinais

Quando há um distúrbio que dificulta a absorção adequada dos nutrientes, como a doença celíaca e a doença de Crohn, as pessoas podem desenvolver anemia.

Gravidez

As mulheres grávidas correm o risco de desenvolver anemia ferropriva, já que o organismo precisa de mais ferro durante esta fase para fornecer oxigênio ao bebê. Elas também são propensas à anemia por deficiência de folato.

Menorragia (sangramento intenso durante a menstruação)

Mulheres em idade fértil são propensas à anemia ferropriva causada por sangramento intenso durante a menstruação.

Outros fatores de risco

  • Idade.
  • Câncer.
  • Hemorragias.
  • Alcoolismo.
  • Distúrbios do sangue.
  • Doenças autoimunes.
  • Histórico familiar [de anemia].
  • Consumo de certos medicamentos.

Quando consultar um médico?

Se você perceber vários desconfortos, suspeitar que algo não está indo bem no seu corpo e que você pode estar com anemia, é melhor ir ao médico para fazer um check-up o mais rápido possível.

Quanto antes você fizer isso, mais cedo poderá receber um diagnóstico e tratamento de acordo com o seu caso e, com isso, se sentir melhor. Evite tomar suplementos (de ferro ou outros) sem consultar um profissional, pois essa atitude pode ser contraproducente.

Não ignore os sintomas e sempre tire suas dúvidas com um profissional. Além disso, lembre-se de que é altamente recomendável que você melhore seus hábitos de vida para reduzir o risco de agravar qualquer problema de saúde e prevenir outros. Para conhecer o passo a passo, um médico poderá te orientar.

Pode interessar a você...
O que é o prato de Harvard?
Muy Salud
Leia em Muy Salud
O que é o prato de Harvard?

O prato de Harvard é um modelo alimentar que tem como objetivo melhorar os hábitos alimentares. A seguir, mais detalhes