As principais causas da DPOC

Parar de fumar é a melhor medida de prevenção contra a DPOC ou doença pulmonar obstrutiva crônica.
As principais causas da DPOC
María Vijande

Escrito e verificado por la farmacéutica María Vijande em 25 Julho, 2021.

Última atualização: 25 Julho, 2021

A DPOC ou doença pulmonar obstrutiva crônica é uma doença progressiva que causa dificuldade para respirar adequadamente. O fato dela ser progressiva indica que a patologia piora com o passar do tempo.

Além disso, a principal causa da DPOC é o tabagismo. A maioria das pessoas que sofrem desta doença fumam ou fumavam. No entanto, até 25% das pessoas com DPOC nunca fumaram. Esses dados indicam que também existem outras causas desencadeantes.

A exposição prolongada a outros agentes que geram irritação pulmonar como ar poluído, gases químicos ou poeira, também pode contribuir para a DPOC.

Informações gerais sobre a DPOC

Para entender a DPOC, é importante entender como os pulmões funcionam. Nesse sentido, o ar que respiramos desce pela traqueia em tubos que vão para os pulmões; são os brônquios ou vias aéreas.

Dentro dos pulmões, os brônquios se ramificam muitas vezes em milhares de tubos menores conhecidos como bronquíolos. Por sua vez, essas estruturas continuam a se ramificar em aglomerados de pequenos sacos de ar arredondados chamados alvéolos.

Espirometria, pulmão, pneumotórax.

Quando o ar inspirado atinge esses alvéolos, o oxigênio passa pelas paredes deles até o sangue dos capilares que os circundam. Ao mesmo tempo, o dióxido de carbono que vem das células passa dos capilares para os alvéolos.

Esse processo é conhecido na ciência como troca gasosa e, como vimos, tem como objetivo levar oxigênio ao corpo para realizar funções vitais e eliminar o dióxido de carbono, que é um resíduo.

Na DPOC, a quantidade de ar que entra e sai pelas vias aéreas diminui. Alguns motivos que justificam esse fato são:

  • Os brônquios e alvéolos perdem elasticidade.
  • As paredes que separam muitos dos alvéolos são destruídas.
  • Os brônquios produzem muito muco e podem ficar obstruídos.
  • As paredes dos brônquios tornam-se espessas e inflamadas.

Também pode te interessar: Dopamina

Causas principais

Na grande maioria dos casos, o dano pulmonar causado pela DPOC é causado pelo tabagismo prolongado. No entanto, também existem outros fatores que desempenham um papel importante no desenvolvimento da DPOC. É o caso da genética.

Raio-x de doença pulmonar obstrutiva crônica, DPOC.

A existência de outros fatores responsáveis pelo aparecimento da DPOC se deve ao fato de que cerca de 20-30% dos fumantes podem apresentar a doença.

Por outro lado, nos países em desenvolvimento, essa doença ocorre em pessoas expostas a gases combustíveis usados para cozinhar ou aquecer casas com pouca ventilação.

As causas da obstrução das vias aéreas incluem as seguintes:

  • Enfisema: é uma doença dos pulmões que destrói as paredes frágeis e as fibras elásticas dos alvéolos. As vias aéreas pequenas colapsam ao expirar, impedindo o fluxo de ar para fora dos pulmões.
  • Bronquite crônica: neste caso, os brônquios inflamam e se estreitam e os pulmões produzem mais muco. Desse modo, os brônquios se contraem mais e o grau de bloqueio aumenta.

Deficiência de alfa-1 antitripsina

Em cerca de 1% dos pacientes, a doença é causada por um transtorno genético que provoca baixos níveis de uma proteína chamada alfa-1 antitripsina.

Essa proteína é produzida no fígado e secretada na corrente sanguínea com o objetivo de proteger os pulmões. Portanto, uma deficiência de alfa-1 antitripsina pode afetar o fígado e os pulmões.

Os danos aos órgãos do sistema respiratório podem ocorrer em bebês e crianças, assim como nos adultos.

No caso de adultos com DPOC relacionada a essa proteína, as opções de tratamento são as mesmas que para as pessoas com DPOC desencadeada por outras causas. Além disso, o tratamento para algumas pessoas pode ser substituir a proteína alfa-1 antitripsina que está faltando. Esta medida pode evitar mais danos.

Medidas de prevenção

Fumar, tabaco, parar, charuto.

Ao contrário de outras doenças, a DPOC tem uma causa característica e um meio de prevenção. Como a maioria dos casos está relacionada ao tabaco, a melhor forma de prevenção é abandonar esse hábito prejudicial.

Por outro lado, a exposição gerada por determinados empregos a vapores químicos e poeira são outros fatores de risco para doenças respiratórias. Portanto, se você lida com esse tipo de agentes irritantes, converse com seu supervisor sobre melhores formas de se proteger.

Pode interessar a você...
Guia para parar de fumar
Muy SaludLeia em Muy Salud
Guia para parar de fumar

Parar de fumar pode ser muito difícil. A nicotina é uma substância que gera dependência e parar de fumar é um grande desafio para o seu corpo.