Bicarbonato de sódio: para que serve?

Um dos maiores usos médicos do bicarbonato de sódio é no alívio da azia. No entanto, ele é útil para outras doenças. Você quer saber para que serve? Continue lendo!

Hoje existem produtos de uso doméstico que eram usados no tratamento de várias doenças há muitos anos. Um exemplo disso é o bicarbonato de sódio (NaHCO3), que tem utilidade médica por aliviar os sintomas de múltiplas patologias, porém, seu uso tem diminuído devido ao surgimento de medicamentos mais eficazes.

Esta substância é conhecida como bicarbonato de sódio, carbonato de ácido de sódio ou sal vichy. É um pó branco e cristalino, solúvel em água, obtido a partir de um mineral natural denominado natrão. Em casa, é utilizado para limpar superfícies de vários tipos e como ingrediente para bolos.

Na área médica, o bicarbonato de sódio pode ser administrado por via oral ou intravenosa. Desta forma, é possível encontrar o composto na forma de pó, comprimidos ou ampolas injetáveis. A forma de administração dependerá da condição a ser tratada e da gravidade da situação.

Funções do bicarbonato de sódio no corpo

O bicarbonato

O bicarbonato de sódio cumpre várias funções no organismo, sendo a principal delas participar de um processo denominado equilíbrio ácido-básico. Esse processo é responsável por manter o pH corporal nos níveis normais e evitar seu o aumento ou diminuição.

No corpo humano existem diferentes formas de se obter a quantidade necessária do composto em questão. Estudos demonstram que os rins são responsáveis por repor o bicarbonato usado no amortecimento do pH do sanguíneo. Dessa forma, são capazes de aumentar a síntese e diminuir a eliminação da substância.

Uma parte do bicarbonato encontrado no sangue vem da absorção intestinal por meio da dieta. Nesse sentido, o processo de absorver o composto pode aumentar ou diminuir, dependendo das necessidades do organismo.

O bicarbonato de sódio produzido pelo corpo humano é capaz de capturar e descompor substâncias que baixam o pH do sangue, levando-o a níveis mais básicos. Os compostos gerados por essa decomposição serão água e dióxido de carbono, que podem ser expelidos pela urina e pela respiração.

Para que serve o bicarbonato de sódio?

O bicarbonato de sódio tem vários usos domésticos, sendo um dos principais a limpeza doméstica. Esta substância é capaz de remover rapidamente a gordura e a sujeira de várias superfícies, bem como remover os maus odores.

Por mais estranho que possa parecer, o bicarbonato de sódio tem aplicações medicinais quando processado adequadamente. Nesse sentido, o composto pode ser utilizado no tratamento de algumas doenças, dentre as quais se destacam:

Acidose metabólica

A acidose é um distúrbio do equilíbrio ácido-básico caracterizado por uma diminuição do pH do sangue, tornando-o mais ácido do que o normal. Esse distúrbio pode gerar uma falha sistêmica se não for corrigido a tempo, causando danos a órgãos vitais.

As causas de uma acidose metabólica podem ser muito variadas, como um caso de diabetes mellitus não controlado. Alguns recém-nascidos podem apresentar essa alteração devido à lesão renal congênita.

Vários estudos demostram que o bicarbonato de sódio é útil no tratamento da acidez quando é produto de uma deficiência desse composto. No entanto, não há evidência científica para apoiar de forma conclusiva seu uso em outros tipos de acidez.

Queimação ou azia

Outro dos principais usos do bicarbonato de sódio  é no alívio da azia. Esta é uma condição que surge devido ao aumento da quantidade de ácido clorídrico no estômago, que causa dor ou queimação abdominal e refluxo gastroesofágico na maioria dos casos.

Este composto pode ser combinado com outros medicamentos para gerar um alívio mais rápido e contínuo dos sintomas. Estudos mostram que os pacientes que tomam pílulas de omeprazol e bicarbonato de sódio têm alívio completo dos sintomas em 30 minutos.

O bicarbonato de sódio é um componente essencial de alguns antiácidos, já que reduz rapidamente a azia. Quando ingerido por via oral, anula o ácido clorídrico do estômago e alivia os sintomas imediatamente.

Infecções na boca

A boca possui sua própria microbiota natural, o que a torna um local repleto de diversos microorganismos. Esta grande quantidade de bactérias podem causar várias doenças na boca e na garganta. Entre os problemas mais comuns estão o mau hálito ou halitose, estomatite ou aftas e periodontite.

O bicarbonato tem propriedades antimicrobianas, por isso é capaz de eliminar vários agentes prejudiciais à saúde. Na verdade, estudos demonstraram que ele pode ser diluído em água e ser um enxague bucal amigável para o paciente, para ajudar a tratar infecções comuns na boca.

Intoxicações

A maioria dos medicamentos comercializados tem excreção renal. É importante lembrar que a urina tem pH ácido em condições fisiológicas, o que faz com que medicamentos com pH básico sejam retidos e expelidos mais rapidamente.

Grandes quantidades de bicarbonato de sódio no corpo conseguem tornar o pH da urina mais básico. Essa capacidade pode ser usada em intoxicações por medicamentos e metais pesados. Ao tornar a urina mais básica, a eliminação de medicamentos ácidos, como alguns antidepressivos, é facilitada, reduzindo assim os efeitos da intoxicação.

Efeitos colaterais do bicarbonato de sódio

Muito bicarbonato de sódio pode causar tontura.
As alterações nesta substância podem causar uma grande variedade de sintomas.

Como acontece com todos os medicamentos comercializados, o bicarbonato de sódio  pode causar certos efeitos colaterais no organismo. No entanto, eles vão depender da via de administração e da dose ingerida. Assim, quando administrado por via oral, os seguintes sintomas podem aparecer:

Todos eles geralmente desaparecem por conta própria em poucas horas, no entanto, você deve consultar o seu médico se eles piorarem ou se forem muito intensos. Além disso, a ingestão oral de bicarbonato de sódio pode causar sangramento, portanto, você deve entrar em contato com o especialista se tiver vômitos com sangue, fezes pretas, sangue nas fezes ou na urina.

A administração intravenosa do composto pode gerar efeitos colaterais quando realizada em altas doses ou em altas velocidades. Nestes casos, o paciente pode desenvolver os seguintes sinais e sintomas:

  • Aumento excessivo do pH do sangue.
  • Diminuição dos níveis de cálcio e potássio no sangue.
  • Espasmos musculares prolongados.
  • Mudanças de humor e irritabilidade.
  • Arritmias e hipotensão.
  • Hemorragia cerebral.
  • Aumento dos níveis de sódio no sangue e retenção de líquidos.

Um composto com muitos usos e efeitos colaterais

O bicarbonato de sódio  é uma substância que foi usada por muito tempo no tratamento da azia, no entanto, hoje não é o medicamento de primeira escolha. Com o passar dos anos, surgiram outros compostos que são mais eficazes e causam menos danos ao corpo.

Atualmente, é usado para potencializar a ação de muitos medicamentos e no tratamento de certos distúrbios metabólicos específicos. No entanto, sua administração deve ser realizada sob estrita supervisão médica, principalmente no caso de ampolas injetáveis.

  • Mendoza Medellín A. Funcionamiento e importancia del sistema bicarbonato/CO2 en la regulación del pH sanguíneo. CIENCIA ergo-sum, Revista Científica Multidisciplinaria de Prospectiva. 2008;15(2):155-160.
  • Higuera-de-la-Tijera F. Efficacy of omeprazole/sodium bicarbonate treatment in gastroesophageal reflux disease: a systematic review. Medwave. 2018 Mar 14;18(2):e7179.
  • Madeswaran S, Jayachandran S. Sodium bicarbonate: A review and its uses in dentistry. Indian J Dent Res. 2018 Sep-Oct;29(5):672-677.
  • Collins A, Sahni R. Uses and misuses of sodium bicarbonate in the neonatal intensive care unit. Semin Fetal Neonatal Med. 2017 Oct;22(5):336-341.
  • Beaume J, Braconnier A, Dolley-Hitze T, Bertocchio JP. Bicarbonate : de la physiologie aux applications thérapeutiques pour tout clinicien [Bicarbonate: From physiology to treatment for all clinicians]. Nephrol Ther. 2018 Feb;14(1):13-23.
  • Tanemoto M. Calculated Bicarbonate for Acid-Base Disorders. Am J Med. 2017 Oct;130(10):1135-1136.