O que é enxaqueca?

A enxaqueca é caracterizada por uma dor de cabeça repetitiva que pode durar até 3 dias. Além disso, atinge cerca de 10% da população, principalmente mulheres entre 20 e 40 anos. Explicamos os detalhes mais relevantes sobre esta doença.
O que é enxaqueca?

Escrito por Sara Santos Lorente, 30 Julho, 2021

Última atualização: 30 Julho, 2021

A enxaqueca afeta aproximadamente 10% da população, o que significa que é um distúrbio bastante comum. Essa condição reduz a qualidade de vida das pessoas, pois pode prejudicar o dia a dia de quem a sofre.

O que é enxaqueca?

É uma cefaleia primária caracterizada por ataques de dor de cabeça que podem até incapacitar aqueles que sofrem delas. As características da dor de cabeça de um ataque de enxaqueca são:

  • Duração entre 4 e 72 horas.
  • Intensidade variável: desde uma dor leve que pode ser confundida com uma cefaléia tensional, até uma cefaléia moderada a intensa.
  • De natureza pulsátil (como se estivessem batendo em nossa cabeça com um martelo).
  • Geralmente está localizado apenas em um lado da cabeça.
enxaqueca dor de cabeça dor de cabeça insônia

As crises de enxaqueca são geralmente acompanhadas de náuseas, distúrbios visuais como fotofobia (intolerância à luz) ou com aura (flashes de luz, pontos cegos,…) e hipersensibilidade ao som. Além disso, de acordo com a frequência de aparecimento das crises, elas podem ser classificadas em dois tipos:

  1. Episódico : aquele que aparece menos de 15 dias por mês. A enxaqueca episódica pode se tornar crônica.
  2. Crônica: a pessoa sofre de dor de cabeça 15 ou mais dias por mês, sendo um tipo de enxaqueca muito incapacitante.

Os tratamentos disponíveis visam aliviar a dor de cabeça e reduzir a frequência dos ataques. Eles podem ser divididos em tratamentos destinados a reduzir os sintomas e tratamentos que tentam prevenir ataques de enxaqueca. Os últimos são frequentemente usados em pacientes com enxaquecas mais difíceis de controlar.

Quem é afetado por esta doença?

Como já discutimos, aproximadamente uma em cada dez pessoas sofre de enxaqueca. Além disso, 80% dos afetados são mulheres entre 20 e 40 anos. É por isso que é uma das principais causas de visitas ao consultório do neurologista.

Parece que é a sexta doença com maior impacto laboral em todo o mundo. Isso porque esse tipo de cefaleia é um problema de saúde que afeta a vida profissional de quem a sofre, limitando as atividades de sua rotina diária.

Isso depende muito da intensidade e da duração da dor. Especialmente as pessoas com enxaqueca crônica são as mais afetadas nesse aspecto, muitas vezes tendo que solicitar licença médica ou redução da jornada de trabalho.

Por que ocorre a enxaqueca?

enxaqueca dor de cabeça

Os mecanismos pelos quais isso ocorre não são totalmente claros. Uma das teorias afirma que é devido a alterações nos vasos sanguíneos na região da cabeça.

Esse processo iniciaria com uma primeira fase de vasoconstrição dos vasos e, posteriormente, como mecanismo de neutralização, intensa vasodilatação. Essa segunda fase seria responsável pela intensa cefaleia durante as crises.

Por outro lado, acredita-se que possa ter origem genética. Nesse caso, os neurônios no cérebro seriam hipersensíveis a mudanças em seu ambiente e estariam envolvidos no processo de crises de enxaqueca.

Outros fatores relacionados à enxaqueca

Dieta

Os hábitos alimentares têm sido associados à sua cronificação. Algumas bebidas e alimentos como álcool, café ou chocolate parecem estar relacionados com o aparecimento de dores de cabeça.

Exercício físico

A realização de uma rotina de exercícios físicos ajuda a prevenir dores de cabeça associadas à enxaqueca, tanto em frequência quanto em intensidade.

Dormir bem

homem sonolento dormindo

O sono é outro fator que parece estar envolvido no desenvolvimento da enxaqueca. Uma má rotina de descanso, assim como outras condições como apneia obstrutiva do sono ou bruxismo, que não nos permitem descansar bem, parecem estar relacionadas com a duração das cefaleias . Portanto, parece importante adquirir um hábito de sono saudável.

Obesidade e sobrepeso

Parece que a obesidade está relacionada ao risco de sofrer de enxaqueca e também à evolução da enxaqueca episódica para a crônica.

Álcool

Parece que o álcool está associado ao início das crises de enxaqueca. A dor de cabeça geralmente aparece após a ingestão e até 12 horas depois.

Além disso, as pessoas com esse tipo de dor de cabeça tendem a ser mais sensíveis aos efeitos do álcool. Por outro lado, com alguns dos medicamentos indicados para a enxaqueca, o consumo de álcool não é recomendado, pois pode interferir em seus efeitos.

Pode interessar a você...
Principais tipos de dor de cabeça
Muy SaludLeia em Muy Salud
Principais tipos de dor de cabeça

A dor de cabeça ocorre por diferentes causas. Explicamos os tipos de dores de cabeça mais comuns e suas principais características.



  • Grupo de investigación Health & Territory Research (HTR) de la Universidad de Sevilla. Impacto y situación de la Migraña en España: Atlas 2018. 2018.
  • Grupo de trabajo del Protocolo para el manejo del paciente con migraña crónica. PROTOCOLO PARA EL MANEJO DEL PACIENTE CON MIGRAÑA CRÓNICA Red española de agencias de evaluación de Tecnologías y prestaciones del sistema nacional de salud. http://www.iacs.es/wp-content/uploads/2017/04/IACS_Protocolo_Migraña_Profesionales.pdf.
  • Rothrock JF. Material Educativo de Cefaleas ¿Qué es la migraña?
  • Deza Bringas L. La Migraña. Acta Med Per. 2010;27(2):129-136. doi:10.15446/av.enferm.v33n1.37514