Sintomas da síndrome de Down

A síndrome de Down afeta a 10 em cada 10.000 nascidos vivos. Os sintomas dessa condição podem ser psicológicos, físicos ou médicos. Neste artigo, descreveremos esses sintomas.
Sintomas da síndrome de Down
Laura Ruiz Mitjana

Escrito e verificado por la psicóloga Laura Ruiz Mitjana em 01 Julho, 2021.

Última atualização: 01 Julho, 2021

A síndrome de Down é uma condição genética em que a pessoa tem um cromossomo extra (especificamente o cromossomo 21, também chamado de trissomia 21). Essa é uma condição específica do organismo, por isso não há cura. Mas quais são os sintomas da síndrome de Down?

Um deles é a deficiência intelectual e de desenvolvimento, embora hajam mais sintomas. Vamos conhecer mais deles ao longo deste artigo.

Características físicas da síndrome de Down

Os sintomas da síndrome de Down são bastante variados.
A maioria das características faciais da síndrome de Down são bastante evidentes, mesmo no momento do nascimento.

Pessoas com síndrome de Down compartilham um conjunto de características faciais e físicas que são bastante reconhecíveis. Essas particularidades são evidentes no nascimento, embora possam se tornar mais pronunciadas com o tempo. De acordo com dados dos Centers for Disease Control and Prevention, esses sinais físicos incluem os seguintes:

  • Orelhas pequenas.
  • Uma língua grande que pode sair da boca.
  • Um rosto redondo com um perfil plano.
  • Nariz e boca pequenos.
  • Uma cabeça pequena, um pouco achatada nas costas (braquicefalia).
  • Olhos em forma de amêndoa, com a pele cobrindo a parte interna do olho (chamada dobra epicântica).
  • Manchas brancas na parte colorida dos olhos (manchas de Brushfield).
  • Pescoço curto.
  • Uma única dobra na palma de cada mão (geralmente são duas).
  • Dedos curtos e atarracados e um dedo mínimo que se curva para dentro.
  • Compleição física pequena e rechonchuda.
  • Pés pequenos com um espaço maior do que o normal entre o dedão e o segundo dedo do pé.
  • Baixo tônus muscular (bebês com a síndrome geralmente parecem “moles” devido à hipotonia).

Compleição, hipotonia e complicações relacionadas

Em relação à tez, que é curta e rechonchuda, sabe-se que as crianças com síndrome de Down, quando nascem, costumam ser de tamanho médio. No entanto, elas tendem a crescer em um ritmo mais lento e são menores que outras crianças de mesma idade. Também é comum que essas crianças desenvolvam sobrepeso.

Em relação à hipotonia (baixo tônus muscular), embora ela possa ser melhorada (o que geralmente é feito com tempo e fisioterapia), a maioria dessas crianças atinge marcos de desenvolvimento mais tarde do que outras crianças (sentar, engatinhar e andar).

Além disso, esse baixo tônus muscular pode contribuir para o desenvolvimento de problemas alimentares e atrasos motores. Retardos na fala e no aprendizado de habilidades como comer, vestir-se ou aprender a ir ao banheiro podem ocorrer durante a infância.

Intelecto e desenvolvimento

Pessoas com síndrome de Down desenvolvem deficiência intelectual, seja ela leve, moderada ou grave. Além disso, há um atraso no desenvolvimento.

Isso significa que elas tendem a aprender mais lentamente e podem manifestar problemas ao fazer julgamentos, raciocinar, etc., ou seja, quando precisam colocar em prática suas habilidades cognitivas.

Os desafios relacionados a este grupo podem ser classificados em quatro categorias:

Desenvolvimento de habilidades motoras

Esse desenvolvimento é lento. Atrasos em atingir esses marcos significam que a criança pode demorar mais para se mover, andar e usar as mãos e a boca. Isso pode reduzir as oportunidades de exploração e aprendizagem do mundo. Além disso, pode afetar o desenvolvimento cognitivo e comprometer outras habilidades, como a fala.

Linguagem

Várias áreas da linguagem são afetadas: linguagem expressiva, gramática e clareza de fala. Devido aos atrasos no desenvolvimento da compreensão da linguagem, a maioria dessas crianças demora a dominar a gramática e a estrutura das frases.

Eles também podem ter problemas para falar claramente, o que pode causar frustração e problemas de comportamento. Por outro lado, os problemas de linguagem podem fazer com que as habilidades cognitivas dessas crianças sejam erroneamente subestimadas.

Memória

Outro dos sintomas da síndrome de Down tem a ver com as habilidades de memória. Pessoas com a síndrome podem apresentar dificuldades em reter e processar as informações que chegam a elas verbalmente; mas são melhores em lembrar o que é apresentado visualmente.

Isso pode ser uma desvantagem para elas nas salas de aula, onde a maioria das informações é ensinada por meio da linguagem oral.

Características psicológicas

Os sintomas da síndrome de Down também são psicológicos.
Do ponto de vista psicológico e comportamental, as pessoas com síndrome de Down tendem a ser sociáveis e agradáveis. No entanto, eles podem desenvolver um excesso de comportamentos agressivos.

Embora às vezes sejam considerados – no plano social – pessoas muito felizes, sociáveis e extrovertidas, a verdade é que cada pessoa é diferente. Além disso, é importante não estereotipar (mesmo que de uma forma “positiva”).

Que características psicológicas as pessoas com síndrome de Down podem apresentar? Alguns deles são os seguintes:

  • Necessidade de ordem e rotina diante da complexidade do cotidiano.
  • Diálogo interno (de acordo com o Children’s Hospital of Philadelphia, as pessoas com síndrome de Down usam o diálogo interno como uma forma de processar informações e analisar as coisas).
  • Extroversão.

Complicações médicas

Pessoas com síndrome de Down têm maior probabilidade em relação àqueles sem a síndrome em desenvolver certos sintomas ou patologias que afetam a saúde. Entre as mais frequentes, encontramos as seguintes:

  • Perda auditiva e infecções de ouvido.
  • Problemas de visão ou saúde ocular.
  • Infecções.
  • Apnéia obstrutiva do sono.
  • Problemas musculoesqueléticos.
  • Problemas cardíacos.
  • Epilepsia.
  • Problemas gastrointestinais.
  • Hipotireoidismo.
  • Doenças sanguíneas.
  • Problemas de saúde mental.

Vimos os sintomas mais comuns da síndrome de Down. Porém, é claro que cada caso específico apresentará diferentes sintomas, em maior ou menor grau. Isso vai depender muito do tipo de trissomia, intervenção precoce e outros fatores.

“Eu não tenho uma deficiência, tenho uma habilidade diferente.”

-Anônimo-

Pode interessar a você...
O que é a síndrome do X Frágil?
Muy Salud
Leia em Muy Salud
O que é a síndrome do X Frágil?

A síndrome do X frágil é uma condição genética hereditária que não segue os padrões de distribuição típicos dessas patologias.



  • American Psychiatric Association -APA- (2014). DSM-5. Manual diagnóstico y estadístico de los trastornos mentales. Madrid. Panamericana.
  • Arbea L y Paternanin C. Trastornos graves del desarrollo: la potenciación de la comunicación como principal herramienta comunicativa. En: VV.AA. Comunicación y programas de tránsito a la vida adulta en personas con necesidades de apoyo generalizado. Gobierno de Navarra. Departamento de Educación y Cultura 1998.
  • Caballo, V. y Simón, M. A. (2002). Manual de Psicopatología Clínica Infantil y del adolescente. Trastornos generales. Pirámide: Madrid.
  • Centers for Disease Control and Prevention. Facts about Down Syndrome
  • Children’s Hospital of Philadelphia. ‘Self-Talk’ in Adults with Down Syndrome
  • Starbuck JM, Cole TM, Reeves RH, Richtsmeier JT. Trisomy 21 and facial developmental instabilityAm J Phys Anthropol. 2013;151(1):49-57. doi:10.1002%2Fajpa.22255