Como cuidar das unhas? Truques e dicas

Daniela Andarcia · 20 março, 2021
Se quiser cuidar das unhas, comece evitando o uso de unhas de acrílico e tratando a pele ressecada dos dedos e das mãos. Vamos mostrar outras dicas com as quais você poderá melhorar a saúde das suas unhas.

Cuidar das unhas é o complemento perfeito para ter mãos perfeitas, e isso vai além de ir à manicure uma vez por semana. Embora seja verdade que não existe uma fórmula precisa para que as suas unhas não se quebrem, existem várias medidas naturais para ajudar a fortalecê-las.

As unhas saudáveis transcendem os benefícios cosméticos; facilitam a execução de diversas tarefas diárias, pois, uma vez que não são quebradiças, são evitadas possíveis infiltrações de germes e há uma melhor aderência. Além disso, eles servem como um indicativo de uma boa saúde geral.

12 truques e dicas para cuidar das unhas

A saúde e a vitalidade das suas unhas podem ser comprometidas por vários fatores, tais como o sistema imunológico, o uso frequente de alguns produtos, a má alimentação e outros fatores relacionados com o estilo de vida de cada pessoa. Veremos algumas dicas que vão permitir fortalecer e cuidar das unhas.

1. Previna ou trate a pele ressecada dos dedos

Se a pele ao redor do leito ou da matriz ungueal estiver ressecada e rachada, ela pode se abrir e sangrar. Existem até mesmo casos em que essa área fica infeccionada, gerando uma bolsa de pus.

Isso sem dúvida compromete o crescimento e o bom estado das unhas, por isso é recomendável umedecer as mãos, secar e aplicar um creme hidratante especial para essa parte do corpo.

Então, mergulhe um algodão em óleo de amêndoas ou de coco e massageie as pontas dos dedos de ambas as mãos. Tente repetir este procedimento várias vezes ao dia ou sempre que lavar as mãos.

2. Tenha uma nutrição adequada para cuidar das unhas

O que consumimos diariamente é a chave para uma pele e um cabelo saudável e, sem dúvida, tem muito a ver com a saúde e a resistência das suas unhas. Foi demonstrado que a biotina, por exemplo, é uma vitamina necessária que ajuda a manter o sistema nervoso, o cabelo e as unhas em condições saudáveis.

Este tipo de vitamina do complexo B é encontrada naturalmente em alguns alimentos, tais como leguminosas, bananas, couve-flor, ovos e salmão. No entanto, se você deseja consumi-la por meio de suplementos, ainda que este seja um medicamento de venda livre, consulte o seu médico.

Outros alimentos relacionados ao fortalecimento das unhas são aqueles ricos em cálcio e proteínas. Um estudo publicado na Nutrients sugeriu que existe uma ligação entre a saúde das unhas e os peptídeos de colágeno, conhecidos por serem uma fonte versátil de proteína.

cuidar das unhas
Tanto a pele e as unhas se beneficiam de uma alimentação saudável e balanceada.

3. Hidrate o seu corpo

Se você é dessas pessoas que bebem pouca água, este pode ser um dos motivos para que as suas unhas estejam quebradiças e ressecadas. O seu corpo manterá os órgãos vitais hidratados com a quantidade de água que você fornece, deixando as outras partes do corpo por último.

Assim, é necessário que você aumente de forma gradativa, porém constante, a ingestão de água. Não ignore o chamado do seu corpo quando sentir sede; para isso, pegue uma garrafa com água e carregue-a com você o tempo todo. Portanto, tente substituir as bebidas açucaradas por água natural. Uma boa prática é acompanhar as refeições com água em vez de outras bebidas.

4. Evite usar unhas de gel ou de acrílico

Os produtos químicos usados para colar as unhas postiças nas unhas verdadeiras geralmente são muito abrasivos. Tanto assim que podem desencadear o descolamento das unhas do leito ungueal, bem como causar ardor, ressecamento, descamação, dor ou alergias nessa região.

Além disso, especialistas associados à Skin Cancer Foudation afirmam que a luz ultravioleta usada para secar o acrílico ou o gel em unhas postiças apresenta um risco real de desenvolvimento de câncer de pele ou de envelhecimento prematuro.

Leia o rótulo do seu removedor de esmalte, dos esmaltes e dos outros produtos para as unhas, pois alguns contêm substâncias químicas tóxicas como o formaldeído, que facilita que as unhas se tornem moles e quebradiças, podendo até mesmo causar intoxicação.

Se insistir em usar unhas de acrílico, aplique um filtro solar de fator alto nas mãos.

5. Não use as suas unhas como ferramentas

Isso pode quebrar e lascar as unhas, por isso evite usá-las para abrir envelopes, latas ou arrancar chicletes, por exemplo. Tente usar apenas a ponta dos dedos ou uma ferramenta. Lembre-se de que o papel das unhas é proteger a pele embaixo delas.

6. Mantenha as unhas curtas

Isso reduz o risco de que fiquem presas em algum objeto e, assim, é improvável que se quebrem ou fiquem lascadas. Além disso, manter unhas curtas ajuda a mantê-las fortes.

7. Cuidado com o uso excessivo de higienizador para as mãos

O álcool que esses géis contêm pode desidratar as mãos, causando descamação e rachaduras na pele. Por isso, o seu uso indiscriminado como substituto da lavagem das mãos com água não é recomendado.

8. Coloque luvas sempre que usar produtos de limpeza

Alguns produtos de limpeza podem ser muito abrasivos e causar danos potenciais às unhas e às mãos em geral, situação que pode ser evitada com o uso de luvas de borracha.

Usar luvas de limpeza é uma ótima maneira de cuidar das unhas.
Por causa da exposição à umidade e substâncias químicas dos detergentes, é recomendado o uso de luvas de limpeza.

9. Evite o contato prolongado das mãos com a água

Para cuidar das suas unhas, é recomendável manter as mãos fora da banheira ou usar luvas de borracha. E se você pratica esportes como a natação, ao sair da piscina, seque as mãos e aplique um creme ou óleo hidratante. Isso vai evitar que a sua pele e as suas unhas fiquem moles e se quebrem.

10. Use um fortalecedor de unhas

Aplicar uma base fortalecedora cerca de duas vezes por semana vai ajudar a promover o crescimento das unhas e, com o tempo, vai fortalecê-las para reduzir o risco de quebra. Lembre-se de que isso não deve ser feito por longos períodos, pois há evidências científicas de que o uso diário de fortalecedor pode fazer com que as unhas tenham uma tendência à quebra.

11. Limpe as unhas regularmente

A limpeza das unhas reduz a descamação, a aspereza e a quebra. Experimente incorporar à sua rotina uma manicure caseira, incluindo cortes retos e o lixamento para um acabamento arredondado.

Esfregue embaixo das unhas com uma escova de cerdas macias para evitar o acúmulo de sujeira e bactérias nessa área. Lembre-se de secá-las e hidratá-las, prestando especial atenção ao local onde fica a cutícula.

12. Massageie as suas mãos e unhas

Ao massagear as mãos, você estará promovendo a circulação do sangue nas unhas, o que ajuda a combater a sua fraqueza. Isso é especialmente recomendado se você tiver diabetes ou qualquer outra doença que cause problemas circulatórios.

Quais dicas e truques devem ser lembrados para cuidar das unhas?

  1. As unhas saudáveis devem ser lisas e duras, com uma cor uniforme e sem sulcos ou descamação.
  2. De acordo com um estudo, as doenças hepáticas e renais tendem a causar alterações nas unhas, como o enfraquecimento, por exemplo. No entanto, o tratamento dado a essa área do corpo também influencia.
  3. Recomenda-se consultar um médico se, após algum tempo de uma rotina de cuidados, as unhas não se fortalecerem ou se você sofrer de eczema, pois podem ser necessários medicamentos e medidas profissionais.
  4. Não se esqueça de aplicar uma loção hidratante nas mãos constantemente e de massagear suavemente as cutículas.
  5. O uso de unhas de acrílico ou de gel pode até mesmo destruir a matriz ungueal; caso isso aconteça, as suas unhas não vão crescer.
  6. Evite roer as unhas e cortá-las a ponto de expor a pele abaixo delas. Isso, além de causar desconforto, também pode levar a uma infecção.
  7. Não retire a cutícula, isso pode danificar a base ungueal, essencial para o crescimento saudável das unhas.

O que você acha de todas essas recomendações? Sem dúvida, hoje mesmo é o momento ideal para colocá-las em prática e receber todo o carinho que você merece. Se você tiver mais perguntas sobre a saúde das unhas, consulte um dermatologista de confiança.

  • Scheinfeld, N., Dahdah, M. J., & Scher, R. (2007). Vitamins and minerals: their role in nail health and disease. Journal of drugs in dermatology : JDD, 6(8), 782–787.
  • Paul, C., Leser, S., & Oesser, S. (2019). Significant Amounts of Functional Collagen Peptides Can Be Incorporated in the Diet While Maintaining Indispensable Amino Acid Balance. Nutrients, 11(5), 1079. https://doi.org/10.3390/nu11051079
  • Hale, E. K. (2020). Ask the Expert: Are the UV Lamps in the Dryers at the Nail Salon Safe to Use? Available from: https://www.skincancer.org/blog/ask-the-expert-are-the-uv-lamps-in-the-dryers-at-the-nail-salon-safe-to-use/
  • Baran, R., & André, J. (2005). Side effects of nail cosmetics. Journal of cosmetic dermatology, 4(3), 204–209. https://doi.org/10.1111/j.1473-2165.2005.00313.x
  • Iorizzo, M., Piraccini, B. M., & Tosti, A. (2007). Nail cosmetics in nail disorders. Journal of cosmetic dermatology, 6(1), 53–58. https://doi.org/10.1111/j.1473-2165.2007.00290.x
  • Salem, A., Gamil, H., Hamed, M., & Galal, S. (2010). Nail changes in patients with liver disease. Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology : JEADV, 24(6), 649–654. https://doi.org/10.1111/j.1468-3083.2009.03476.x