Estado de fluxo: em que consiste e como promovê-lo

O aparecimento deste estado depende muito da pessoa. Por exemplo, alguns conseguem alcançá-lo tocando um instrumento, enquanto outros o alcançam meditando silenciosamente.

O estado de fluxo ou flow ocorre no momento em que a pessoa mergulha em uma atividade ou tarefa que a leva a perder a noção do tempo. Refere-se ao prazer gerado por fazer algo que nos faz esquecer de tudo ao redor; só existe você e o que você está fazendo.

É um conceito amplamente utilizado e proposto pelo psicólogo Mihály Csikszentmihályi em 1975, que vem sendo utilizado em diversos campos, principalmente na psicologia positiva.

Para este professor, o estado de fluxo é uma “sensação de que as próprias habilidades são adequadas para enfrentar os desafios que nos são apresentados, uma atividade orientada para determinados fins e regulada por normas que também oferece pistas claras para sabermos se estamos nos saindo bem.”

Como se sente o estado de fluxo?

Conforme bem descrito pelo seu precursor, o estado de fluxo leva as pessoas a experimentar uma sensação de prazer e libertação enquanto fazem uma atividade que geralmente estimula as suas habilidades e talentos. Além de gerar essa distorção do tempo, essa fluidez exacerba a criatividade e a produtividade.

Neste ponto, você já deve saber do que estamos falando. No entanto, deixaremos algumas dicas que vão te levar a identificar melhor os momentos em que você atingiu este estado:

  • Você concentra a sua atenção na atividade que está fazendo.
  • Você sente um alto grau de concentração.
  • Qualquer que seja a atividade, você sente que ela é gratificante e agradável.
  • O tempo passa sem que você perceba.
  • Você sente que é o melhor fazendo essa atividade.
  • Você tem a sensação de que, embora o esforço despendido na tarefa seja pequeno ou nulo, ainda assim você se sai melhor do que qualquer outra pessoa.
  • Não há espaço para fadiga ou exaustão mental.
Alguns alcançam o estado de fluxo tocando instrumentos.
Não é incomum que alguns atinjam o estado de fluxo quando estão sob a influência da música e de outros ambientes tranquilos.

Quais são os benefícios de atingir o estado de fluxo?

Embora até agora pareça que o estado de fluxo só pode ser alcançado nas atividades que geram interesse, isso não é bem assim. O maior benefício de aprender a atingir o estado de fluxo está em melhorar o nosso estado de concentração em qualquer atividade. Tudo consiste em permitir que esse nível de concentração controle a nossa mente.

Um exemplo claro disso são os atletas de elite que, de fato, participaram de diversos estudos sobre a manifestação desse estado. Este tipo de pessoa precisa atingir um estado de concentração que permita a obtenção de bons resultados através do seu desempenho.

Os jogadores de futebol, por exemplo, sentem que os 90 minutos em campo são apenas alguns segundos valiosos que eles devem aproveitar para fazer gols, deixando de lado o adversário e até mesmo a sua torcida que grita da arquibancada.

Além de dominar a sua mente para se concentrar e executar as tarefas propostas com mais eficiência, você também poderá obter outros benefícios, tais como:

Dicas para potencializar o estado de fluxo

É preciso partir de uma realidade, já que é muito difícil para qualquer pessoa desfrutar de algo que não gosta de fazer. Este estado se relaciona com o bem-estar das pessoas e com a sua felicidade. Por exemplo, é difícil que essas sensações ocorram em uma pessoa que odeia escrever e é forçada a isso.

Essa pessoa não se sentirá satisfeita com a tarefa desenvolvida. Ao contrário, a única coisa que ela vai conseguir é se sentir estressada, frustrada e ansiosa para terminar algo que ela pensa que está tomando o seu tempo, sem sucesso. Portanto, a primeira coisa que você deve fazer para atingir o estado de fluxo é fazer algo que, de uma forma ou de outra, desperte o seu interesse.

Estabeleça metas reais

O mais importante ao definir metas, em qualquer área da vida, é que elas sejam reais, alcançáveis e específicas. Portanto, para atingir o estado de fluxo, defina metas fáceis de alcançar enquanto realiza as suas atividades.

Por exemplo, se você está aprendendo a tocar piano, tente aprender uma música fácil, mas que teste as suas habilidades. Assim, se tornará mais fácil fluir.

Se, ao contrário, você definir a meta de tocar uma música para profissionais, enquanto é apenas um iniciante, a única coisa que você vai conseguir é se estressar e se frustrar por não atingir a sua meta irreal. Desta forma, será impossível fluir e manter a concentração enquanto você desfruta desta ação.

No entanto, certifique-se de que o seu objetivo não seja fácil demais e te leve ao tédio. A ideia é que você consiga estabelecer e atingir metas em um nível adequado às suas habilidades.

Escolha um lugar agradável

Sem dúvida, realizar as nossas atividades diárias em um ambiente agradável torna mais fácil desfrutá-las. Assim, este também é um fator determinante quando se trata de atingir o estado de fluxo. Certifique-se de que seja um lugar sem distrações e cujas condições permitam que você se concentre e aproveite o que está fazendo.

Além de escolher um local tranquilo, será útil identificar em que momento do dia você é mais produtivo. Dessa forma, você poderá realizar as atividades neste período e chegar ao fluxo com mais facilidade.

O estado de fluxo pode aparecer em muitos ambientes de trabalho.
No trabalho, também é possível encontrar o estado de fluxo, mas certifique-se de contar com um ambiente agradável!

Concentre-se em manter a atenção

Aqui está o seu primeiro objetivo: concentrar-se em manter a atenção na atividade, sem se distrair. Mas calma, é normal perder o foco nas primeiras vezes; a ideia é que você progrida com o tempo e no domínio da atividade. Será muito útil atender necessidades como comer, beber água e ir ao banheiro antes de se concentrar no que vai fazer.

Ajuste o seu nível de habilidade para o nível de complexidade

Conforme mencionamos anteriormente, é muito importante que o seu nível de domínio da habilidade esteja em sintonia com a atividade que você vai realizar. Desta forma, você se sentirá mais pleno e satisfeito com cada conquista alcançada.

Adicionar um pouco de complexidade a cada objetivo fará com que a motivação se mantenha e será mais fácil alcançar o estado de fluxo.

Busque satisfação no processo e não nos resultados

Independentemente do resultado final, a ideia é que você aprecie o processo aprendizagem e o domínio da atividade realizada. Esse é o estado de fluxo: desfrutar o que estiver sendo feito, sem a necessidade de pensar no final. A ideia é que você se concentre em aprender, melhorar e sentir satisfação toda vez que progredir, não em se pressionar para atender algum estereótipo ou necessidade alheia.

Medite ou pratique o Mindfulness

Embora ainda haja muito a ser investigado, diferentes autores levantaram por meio de diferentes estudos a relação entre o mindfulness e o estado de fluxo, com o primeiro como um meio que facilita a vivência do segundo.

E não é para menos, já que a meditação, assim como o mindfulness, tem benefícios notáveis. Um estudo revelou que a meditação pode modificar a rede neural associada à distração mental, estimulando assim as regiões do cérebro que reduzem a atividade de distração.

Está animado para promover o estado de fluxo?

Agora que você já sabe mais sobre o estado de fluxo, você certamente conseguiu identificar os momentos em que ele foi alcançado. O melhor e mais importante é que agora você tem as ferramentas para estimular esse estado de fluidez. Lembre-se de que a regra geral é gostar da atividade escolhida; disso vai nascer a sua vontade de se concentrar e melhorar as suas habilidades.

  • Mesurado, Belén. (2010). La experiencia de Flow o Experiencia Óptima en el ámbito educativo. Revista latinoamericana de psicología.
  • Pascale, P. (2005). ¿Dónde está la creatividad? Una aproximación al modelo de sistemas de Mihaly Csikszentmihalyi. Arte, Individuo Y Sociedad, 17, 63 – 86. Recuperado a partir de https://revistas.ucm.es/index.php/ARIS/article/view/ARIS0505110063A
  • López-Torres, Miguel, & Torregrosa, Miguel, & Roca, Josep (2007). CARACTERÍSTICAS DEL “FLOW”, ANSIEDAD Y ESTADO EMOCIONAL, EN RELACIÓN CON EL RENDIMIENTO DE DEPORTISTAS DE ELITE. Cuadernos de Psicología del Deporte, 7(1),25-44.[fecha de Consulta 30 de Enero de 2021]. ISSN: 1578-8423. Disponible en: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=2270/227017553002
  • Jenny Pizarro Ruz, Dailet Fredes Collarte, Carolina Inostroza Peña, Elisa Torreblanca Urbina. Motivación, satisfacción laboral y estado de flow en los trabajadores de la salud. Revista Venezolana de Gerencia, vol. 24, núm. 87, 2019. Disponible en: https://www.redalyc.org/jatsRepo/290/29060499013/html/index.html
  • Antonia M. Martínez. Revisión teórica sobre el estado positivo del flow. Universidad de Jaén, 2015. Disponible en: http://tauja.ujaen.es/bitstream/10953.1/1940/1/Martinez_Martinez_Antonia_Maria_TFG_Psicologia.pdf
  • Palmi, Joan, & Solé, Silvia (2016). Intervenciones basadas en Mindfulness (Atención Plena) en Psicología del Deporte. Revista de Psicología del Deporte, 25(1),147-155.[fecha de Consulta 30 de Enero de 2021]. ISSN: 1132-239X. Disponible en: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=2351/235143645019
  • Judson A. Brewer, Patrick D. Worhunsky, Jeremy R. Gray, Yi-Yuan Tang, Jochen Weber, Hedy Kober. Meditation experience is associated with differences in default mode network activity and connectivity. Proceedings of the National Academy of Sciences Dec 2011, 108 (50) 20254-20259; DOI: 10.1073/pnas.1112029108